Como se prevenir do Coronavírus no canteiro de obras ?

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP), traz algumas dicas importantes para funcionários, e empresas do setor de construção civil, no momento de conscientização e prevenção ao novo vírus. Essas dicas vem do diretor administrativo do Conselho, engenheiro civil Joni Matos Incheglu.

É de suma importância salientar que o Crea-SP não tem como interromper uma obra por questões relativas ao Covid-19, ação que cabe a outros órgãos, como defesa Civil, prefeituras. Nosso exercício é a fiscalização para controlar a atuação de pessoas físicas e jurídicas não habilitadas nas atividades de profissionais legais nas áreas de Engenharia, Agronomia e Geociências, que garante a segurança da população, salienta o engenheiro civil.

Trabalhadores

  • Ao chegar na obra, faça a higienização com álcool gel e, na falta dele, com água e sabão;
  • Use sempre máscara e luvas se precisar contatar outros colegas de trabalho;
  • Uma vez dentro da obra, evite contato com público externo, como sair para locais com aglomeração de pessoas;
  • Evitar contato físico com qualquer pessoa da equipe, como apertos de mão, beijos, abraços etc. São ações temporárias, para garantir a segurança de todos;
  • Ao chegar em casa, higienizar objetos pessoais, maçaneta da porta e mãos, e tomar banho; além disso, separe suas roupas das de outras pessoas que residam na mesma casa.

Empresas

  • Manter sempre à disposição os produtos essenciais para prevenção, como álcool gel 70% e sabão, orientando para que seja usado com frequência, para higienização das mãos e material de trabalho, bem como os demais produtos de limpeza;
  • Manter sempre as conversas de conscientização, orientando a equipe sempre que necessário sobre as formas corretas de prevenção e promover o diálogo, com a participação do mestre de obras e do engenheiro de segurança do trabalho para tirar as possíveis dúvidas;

Sobre a obra

  • Restringir o acesso e circulação de pessoas e fornecedores que não trabalham no local;
  • Implementar ação de distanciamento social em ambientes fechados, e avaliar a implantação de turnos diferenciados;
  • Afastamento imediato de pessoas consideradas do grupo de risco: idosos com mais de 60 anos e aqueles que apresentem doenças pré-existentes que podem ser potencializadas com o COVID-19;
  • Caso seja possível, providenciar transporte privado exclusivo para a equipe, evitando assim, a evitando assim a aglomeração no transporte público.